Archive for the ‘Vinícolas’ Category

Coastal California

maio 24, 2010

Sempre fomos apaixonados pela California. Decidimos então planejar uma viagem que sempre sonhamos em fazer, especialmente depois de assistir ao filme Sideways. Conhecer as vinícolas de Sta Ynez Valley, dirigindo um conversível, curtindo as paisagens maravilhosas da Pacific Hwy (Hwy 1). A princípio a idéia foi esta, mas resolvemos adicionar alguns destinos que valiam a pena revisitar. San Francisco mereceu destaque também.

Mandei um email a prefeitura de Santa Barbara (principal cidadezinha da área) pedindo informaçoes sobre as vinicolas do filme, e eles, pasmem, me mandaram um guia da cidade de 50 paginas e o mapa do itinerário extato do filme com cronologia conforme as passagens no filme.

Foram 13 dias de viagem no total: 2 noites em San Diego, 3 em Los Angeles, 2 em Santa Bárbara, 1 em Carmel, 4 em San Francisco.

Chegamos por Los Angeles, pegamos o carro no aeroporto e seguimos para San Diego.

San Diego é uma cidade famosa pela base naval e aérea do exército americano. Tem muita influência da cultura hispânica, ainda muito presente.

Seaport Village. Passeio que nos rendeu ótimos momentos como o USS Midway, um porta aviões desativado que virou um museu. Deu até pra entrar num Tomcat, aqueles aviões do filme Top Gun.

Fechamos o restinho da tarde com pôr do sol lindo, emoldurado pela estátua gisgante do marinheiro, e uma jantinha bem normalzinha no charmoso Edgewater Grill, que tinha uma chefe brasileira super simpática.

Dia seguinte fomos ao Balboa Park, onde fica o San Diego Zoo, maior do mundo. Reserve 1 dia inteiro para este passeio e sapatos muito confortáveis. Se estiver calor, protetor nunca será demais. Se puder ficar mais um dia na cidade vá ao Sea World. Vale o passeio. Como nós já conhecíamos tudo isso, resolvemos fechar a tarde em Coronado Island, onde fica o Del Coronado Hotel.

 

De noite fomos almoçar com amigos, e não deu para conhecer nenhum restaurante bacana de lá, mas o Gaslamp Quarter há muitas opções para quem desejar.

Dia seguinte começamos a jornada pela costa em direção a Los Angeles (1,5 pela costa, 1h pela HWY5). Paradinha em Delmar, praia charmosa com bons restaurantes.  Almoço no Pacifica Del Mar, ótimas opções de frutos do mar e vinhos californianos. Vista incrível do mar:

Continuamos a subir e paramos em La Jolla, cidadezinha beira mar com tudo de melhor que se possa imaginar. ANde pelo calçadão e visite o La Jolla Cove onde tem os leões marinhos. No jantar, encontramos Taeko, outra amiga nossa no Trattoria Acqua , perfect night.

2nd STOP: LOS ANGELES!!!!

LA é uma cidade que muitos amam, outros odeiam. Como já conhecíamos a parte turística da cidade, resolvemos repetir aqueles que mais gostamos. Universal Studios de lá é muito mais interessante que a de Orlando, pois os sets de filmagens de vários filmes estão montados lá e abertos ao público, claro, além das atrações do parque em si. Acabamos junk fooding no City Walk. AMO!

(Na foto: Whisteria Lane de Desperate Housewifes)

Tivemos um contra tempo (não encontramos as chaves do ape de um amigo) e tivemos que procurar um hotel e acabamos tendo ótima surpresa: Royal Palace Westwood Hotel, no bairro de Westwood, bem tranquilo por conta da UCLA, bairro com público jovem e estratégico em localização. Ótimo custo/benefício.

Andamos por Santa Barbara e sua 3rd Promenade, Hollywood e o famoso Mann’s Chinese Theater e Rodeo Dr . Mas a atração do segundo dia foi outra: Staples Center – Bulls vs. Lakers!!! Oh my God! Que vibe!

Assim finalizamos nossa rápida visita a LA. Se tiver mais tempo e goste de parques temáticos: Six Flags Magic Mountain! Recomendo.

Próximo post: as vinícolas!

TO BE CONTINUED……………

Charme da Finca Narbona

maio 19, 2010

Imagine um lugar pertido no mapa e no tempo. Finca Narbona, lugarzinho escondido, mas que reserva grandes surpresas para aqueles que decidem por uma visita.

A adega fica na cidade de Carmelo a 7Km do Hotel Four Seasons. Basta agendamento com 1 dia de antecedência que uma van da vinícola vai buscar no hotel sem custo nenhum.

A especialidade do restaurate são os queijos deliciosos caseiros e as massas feitas lá também. Nossa opinião foi que, o lugar acaba deixando a comida mais saborosa. O vinho também, escolhemos a melhor safra da uva local mais famosa: Tana. O rótulo bem envelhecido, taças lindas, tudo quase perfeito, não fosse o vinho muito ácido e meio amarguinho… eu pessoalmente não gostei, mas valeu pela experiência!

A mesa escolhida foi na varanda chamosa, clima romântico bem bucólico. Climão de “Poderoso Chefão” na cidade de Corleone, deixa qualquer um encantado. Faz bem pra alma!

Depois do almoço fomos conhecer a produção de vinhos. Tudo super rústico, só faltou o vinho ser armazenado naqueles tonéis de carvalho…

E assim passamos o dia…

Este dia me lembrou os dias em Sta. Ynez Valley na California… Só que com minha uva predileta: Pinot!!!! 🙂